Livro – Capitães de Areia

Falar de Capitães de Areia é viajar em uma das obras mais conhecida do escritor Jorge Amado. Este nasceu na cidade de Itabuna no sul da Bahia no ano de 1912, e morreu na Cidade de Salvado no ano de 2001. Jorge Amado foi um escritor intelectual Comunista.

No ano de 1937 lançou um dos livros de maior sucesso da sua trajetória como escritor, “Capitães de Areia” que até hoje é visto e lido por leitores em todo o Brasil. Falar de Jorge Amado é viajar em histórias e romances que se tornaram ícones e referências para várias gerações.

CAPITÃES DE AREIA

CAPITÃES DE AREIA

A narrativa da história aconteceu nas praias de Salvador, um grupo de menores que movimentavam a Cidade com seus atos de marginalidades. Isso era, instintos de sobrevivência.

O grupo destes meninos eram de quantidade superior a 50 e na narrativa é muito comum encontrar o nome de alguns deles.

Um dos mais famoso era o líder desse grupo, chamado pelo de nome de Pedro Bala, esse garoto teve uma infância difícil, viu seu pai ser morto no Cais da cidade de Salvador.

CAPITÃES DE AREIA

CAPITÃES DE AREIA

Ao falarmos em praias de Salvador, vem sempre em nossas cabeças imagens definidas: Alegria, sol, descontração e muita festa. Mas no período em que o romance foi escrito não era bem assim. Havia naquela época muitas greves e revoltas de populares, e isso atraia mortes e muita violência.

As crianças que faziam parte desse grupo eram na sua totalidade de uma carência desumana, o retrato da desigualdade social estava nas praias de Salvador onde hoje é lugar de atividade lucrativa do povo.

Sobreviver naquela situação em que os personagens do livro viviam, era uma questão de luta extrema por sobrevivência.

Havia algo interessante na forma de sobreviver daquele grupo de crianças, eles definiam tudo que iam fazer de forma conjunta, ninguém colocava em pauta as ordens dada por Pedro Bala líder do grupo.

Cada jovem tinha uma função na equipe, um atraia a vítima para ser roubada, outro vigiava as saídas e entradas, havia sempre um esquema montado pelos garotos.

A leitura deste livro trará para você uma realidade que até os dias de hoje é comum, se sairmos de nossas casas muito facilmente encontraremos em nossas cidades jovens e crianças abandonadas pelos pais ou que passam por situações de desprezo social. Ir ao encontro de alternativas que possam ajudar esses adolescentes seria uma forma de mudança de vida para todos eles.

Leia este livro e veja o quanto você pode ser diferente no meio em que você viver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *