Filmes – O Quatrilho

O Quatrilho é um filme Brasileiro do ano de 1995, do diretor Fábio Barreto, o longa- metragem é baseado no livro homônimo de José Clemente Pozenato. O filme foi indicado ao Óscar, Como melhor filme estrangeiro no ano de 1996.

O filme retrata a história vivida em 1910, numa comunidade rural no Rio Grande do Sul habitada por emigrantes italianos.

O Quatrilho

Dois casais que são amigos, se unem para poder sobreviver e decidem morar na mesma casa. O tempo faz com que a esposa ( Patrícia Pilar) de um (Alexandre Paternost) se interesse pelo marido (Bruno Campos) da outra(Glória Pires) sendo correspondida tempos depois.

Após algum tempo, os dois amantes decidem fugir e recomeçar outra vida, deixando para trás seus parceiros, que viverão uma experiência dramática e constrangedora, mas nem por isto desprovida de romance.

Entendendo um pouco do Cinema da época

No ano de 1995, os fãs de cinema brasileiro, que ainda estavam em êxtase com o inesperado sucesso de “Carlota Joaquina, princesa do Brasil”, de Carla Camuratti, o longa é o marco inicial da retomada de nossa filmografia.

Os brasileiros tiveram um motivo a mais para sentir orgulho. “O quatrilho“, adaptado do romance do escritor gaúcho José Clemente Pozenato e produzido pelo mesmo Luiz Carlos Barreto Diretor do mega-sucesso “Dona Flor e seus dois maridos”.

O filme foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, mais de trinta anos depois de “O pagador de promessas”, de Anselmo Duarte, este filme consegui a mesma distinção.

A euforia do momento era tanta que pouca gente percebeu que, havia fragilidade nos aspectos de suas qualidades, o filme de Fábio Barreto não era exatamente um competidor muito forte.

Dono de uma linguagem excessivamente televisiva, “O quatrilho” morreu na praia, perdendo a estatueta, para o filme holandês “A excêntrica família de Antônia”, mesmo contando com uma espécie de apadrinhamento do poderoso Steven Spielberg.

Conhecendo mais detalhes do filme

Não há dúvida de a trama de José Clemente Pozenato, que faz participação no filme como fotógrafo, é inspirada em um casal real, a troca de casais remete a um tradicional jogo de cartas italiano, e cada rodada troca de parceiros.

Segundo as críticas todas as possibilidades da história acaba sendo desperdiçada quando o Cineasta opta por um roteiro preguiçoso e sem maiores aprofundamentos psicológicos ou dramáticos.

A salvação do longa metragem veio após escolha de duas atrizes que por se própria conseguem transformar qualquer cena em um espetáculo à parte.O Quatrilho correria sério risco de nada, nada e morre na praia.

A atriz Patrícia Pillar brilha de forma intensa na primeira parte do filme, mostrando carisma, beleza e mostrando ser uma atriz por excelência. A atriz dar ao personagem a consistência que em outras não dariam.O personagem em mãos menos capazes poderia soar como leviana ou mau caráter.

Patrícia interpreta o papel de Teresa, uma madame Italiana, ela é uma mulher presa a um casamento que oprime suas vontades e sonhos. Chega um momento que ela não suporta e toma uma decisão, partir em buscas de seus sonhos, mesmo que sem ter a exata consciência das consequências de seu ato.

Na segunda parte do filme Teresa sai de cena e dar lugar  a calada Pierina (Glória Pires), mulher séria e consciente de seus deveres como esposa e dedicada como mãe.

Mais na primeira oportunidade, em uma cena inesquecível ela desafia um padre diante de uma paróquia lotada. Glória Pires utiliza de toda a sua experiência para construir uma personagem, que ganhou toda atenção por agir de forma centrada perante toda a trama.

O jeito interessante de Glória pires na trama é que ela se comunicava basicamente através de olhares baixos, gestos comedidos e de um tom de voz sussurrante que esconde um personalidade forte. O Papel de perina se mostra através de uma mulher linda, forte e batalhadora deixando a trama mais próxima da realidade.

Se a critica consideram Patricia o corpo do filme O Quatrilho, sem sombra de dúvidas Glória é a sua alma.

O filme tem em seu personagens a maestria de duas atrizes que dão vida e vigor a trama. Agora os atores principais não passaram a mesma firmeza para os telespectadores que lotaram as salas de cinema da época.

Exagero à parte, “O quatrilho” é apenas um filme que, conseguiu trazer a vontade de querer acreditar no cinema brasileiro. Se tornou um avanço em relação aos que criaram toda a sensação de preconceito contra filmes brasileiros.

Preconceito esse que somente anos depois seria parcialmente derrubado, conquistando um público considerável antes que isso se tornasse razoavelmente comum.

A cada dica de filme que passamos, estamos te incentivando a conhecer uma realidade diferente e alegre.

Agora baixe e assista O Quatrilho, filme brasileiro dos anos 90.

Filmes – O Defensor 1996

Os anos 90 foram épocas maravilhosa de se viver, descobertas incríveis ditada por ritmos que embalavam a galera. Os filmes da época tiveram formatos marcantes, desde comédia até as grandes aventuras protagonizadas pelos atores americanos.

Um filme que foi sucesso na época foi  O Defensor,  sua trama acontece dentro de uma floresta, em torno de uma fogueira, conta-se a história de uma figura lendária que viveu em 1857 e foi morto pelos brancos.

Era um caçador que acabou virando o espírito protetor da Floresta. Quando exploradores tentam destruí-la, ele reaparece para as crianças.

O caráter principal do filme é protagonizado por John McKenna (Chuck Norris) o ser espiritual, que tem o dom de se transformar em urso, lobo ou na águia. Ele vive nas florestas de Tanglewood, e dedicou sua vida para protegê-las.

Um dia um grupo de lenhador, que eram do mau, conduzidos por Travis Thorne (Terry Kiser) chega em Tanglewood para desbastar para baixo a floresta. McKenna não pode deixar esto acontecer, e junto com seus amigos novos, os senhores do Tanglewood, uma faixa das crianças que amam jogar na floresta, lutam contra Thorne e a seu grupo mau.

A Mensagem principal do filme, vêm através de idéias de preservação que a dramaturgia traz. Mesmo no início dos anos 90 nota se que há uma preocupação, das pessoas sobre o que poderia vim acontecer com o meio ambiente.

O filme traz os componentes principais, para que em caráter de proteção, os telespectadores da época estivessem em sentido de alerta para o que poderia acontecer no futuro bem próximo.

Hoje estamos mais do que em alerta, a nossa geração vive a realidade já prevista por pessoas competentes daquela época. Sejamos o bom exemplo daquilo que reflete transformação para os povos, Aprender a proteger o que por herança recebemos, é algo que iremos garantir para os que continuarão a missão de viver aqui na terra.

Baixe este filme e tenha a sensação de estar em uma bela floresta.

Melhores Sites para Comprar Livros e Filmes

Confira aqui os Melhores sites para comprar Livros e Filmes, Aproveite!

Um comércio muito comum na internet é a venda de livros e filmes. Grandes lojas são especializadas em livros, histórias em quadrinhos, revistas e filmes estão aos montes na web. As principais varejistas da internet brasileira também vendem livros e são uma ótima opção, mas há ainda aqueles sites cuja especialidade é, ou já foi, apenas vender livros na internet.

Se você ainda está em dúvida sobre os melhores lugares para pesquisar sobre aquele livro que você sempre quis, aqui vão algumas dicas com as melhores páginas do gênero. Todos os sites listados possuem promoções variadas e catálogos amplos, então, se você é um comprador de livros, vale a pena ficar de olho.

  • Saraiva

A Saraiva já foi editora e adquiriu outra grande editora brasileira, a Siciliano, juntando tudo em um site com excelente apelo visual e que vai muito além da simples oferta de livros. Também com diversas lojas físicas espalhadas pelo Brasil, a Saraiva vende artigos de informática, papelaria, eletrônicos, smartphones e muito mais. As promoções aqui também são constantes.

  • Livraria Cultura

Uma das maiores redes de livrarias do Brasil, a Cultura faz sucesso tanto no mundo físico, com suas lojas enormes e bem decoradas, quanto na web. Os preços aqui não costumam ser sempre os melhores que você vai encontrar, porém a quantidade e a variedade de livros são excepcionais. Por isso, não deixe de pesquisar por livros e discos no site da livraria.

  • Amazon

Talvez a maior vendedora de livros do mundo, a Amazon iniciou suas operações aqui no Brasil há pouco tempo e já fez bastante barulho. Conhecida — e até criticada por suas concorrentes — por praticar preços baixos em diversos produtos, aqui, por enquanto, ela só vende livros (lá fora, ela também vende eletrônicos, jogos etc.), mas conta com um catálogo respeitável.

  • Submarino

Na Submarino você encontrará milhares de opções de livros, a maioria com preço acessíveis e promocionais. A loja é de departamento e realiza vendas apenas via internet, porém, a maior especialidade, a categoria na qual percebemos uma maior atenção é a de livros. Vale a pena dar uma olhada no que a loja tem a te oferecer!

As lojas citadas acima são as principais, porém, outros grandes e-commerces nos quais você também poderá economizar na compra do seu livro ou filme são: Americanas, Extra, Walmart e Carrefour.

Vale lembrar que várias das lojas citadas acima também possuem unidades físicas, ou seja, se você não gostar de comprar via internet, pesquise a loja mais próxima de você e compre pessoalmente mesmo.