Bíblia Sagrada – O livro da Consciência Espiritual

Desde que ouve um relação do homem com a escrita e leitura, a Bíblia Sagrada tem sido o livro de maior aceitação no mundo inteiro. O livro têm várias traduções no mundo inteiro, e é a referência Espiritual para mais de % dos brasileiros.

A Bíblia traz alguns aspectos únicos, que nos faz refletir. Seu conteúdo segundo os historiadores não estar em onde cronológica. Mas existe um instrumento interno de cada ser humano, que absorve todo o conteúdo de forma intra-pessoal.

A suas características é voltada para uma sessão de 66 outros livros, que  juntos e de forma unificada transformam-se nas sagradas escrituras.

Seu conteúdo começa a ser escrito no livro de Gênesis, livro que explica a criação e evolução humana. Este livro traz a insatisfação e misericórdia de Deus com seu povo.

Ouve determinado momento da narrativa Bíblica que Deus permite a invasão e escravidão do seu povo, tudo por que o pecado não agrada a Deus.

No livro de 1 Samuel o seu povo pede para que Deus coloque um Rei para governa sobre a nação, abrindo mão do reinado de Deus sobre o teu próprio povo.

Deus aceita e ordena ao profeta Samuel para que atendar o pedido do povo e que faça segundo a vontade da nação escolhida.

Israel passa a ter um monarca com referência, e agora o povo estar sobre a jurisprudência deste homem. A nação teve três reis que governaram sem que houvesse nenhuma revolta popular. Foram eles: Rei Saul, Rei  Davi, Rei Salomão. estes 3 monarcas foram os únicos a governarem uma nação integrada.

Com a morte do 3º Rei(Salomão) a nação de Israel não se agradou do 4º Rei(Roboão), e a parti dele houve uma revolta liderada por Jeroboão causando assim a separação do reino de Israel.

Depois da separação, a nação de vez em quando era invadida por nações inimigas e tinham uma vida pregressa. Mas Deus é misericordioso e tremendo na suas escolhas e decisões.

Sempre que puder medite nesse livro, Deus vai falar com você.

 

 

Filmes – O Quatrilho

O Quatrilho é um filme Brasileiro do ano de 1995, do diretor Fábio Barreto, o longa- metragem é baseado no livro homônimo de José Clemente Pozenato. O filme foi indicado ao Óscar, Como melhor filme estrangeiro no ano de 1996.

O filme retrata a história vivida em 1910, numa comunidade rural no Rio Grande do Sul habitada por emigrantes italianos.

O Quatrilho

Dois casais que são amigos, se unem para poder sobreviver e decidem morar na mesma casa. O tempo faz com que a esposa ( Patrícia Pilar) de um (Alexandre Paternost) se interesse pelo marido (Bruno Campos) da outra(Glória Pires) sendo correspondida tempos depois.

Após algum tempo, os dois amantes decidem fugir e recomeçar outra vida, deixando para trás seus parceiros, que viverão uma experiência dramática e constrangedora, mas nem por isto desprovida de romance.

Entendendo um pouco do Cinema da época

No ano de 1995, os fãs de cinema brasileiro, que ainda estavam em êxtase com o inesperado sucesso de “Carlota Joaquina, princesa do Brasil”, de Carla Camuratti, o longa é o marco inicial da retomada de nossa filmografia.

Os brasileiros tiveram um motivo a mais para sentir orgulho. “O quatrilho“, adaptado do romance do escritor gaúcho José Clemente Pozenato e produzido pelo mesmo Luiz Carlos Barreto Diretor do mega-sucesso “Dona Flor e seus dois maridos”.

O filme foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, mais de trinta anos depois de “O pagador de promessas”, de Anselmo Duarte, este filme consegui a mesma distinção.

A euforia do momento era tanta que pouca gente percebeu que, havia fragilidade nos aspectos de suas qualidades, o filme de Fábio Barreto não era exatamente um competidor muito forte.

Dono de uma linguagem excessivamente televisiva, “O quatrilho” morreu na praia, perdendo a estatueta, para o filme holandês “A excêntrica família de Antônia”, mesmo contando com uma espécie de apadrinhamento do poderoso Steven Spielberg.

Conhecendo mais detalhes do filme

Não há dúvida de a trama de José Clemente Pozenato, que faz participação no filme como fotógrafo, é inspirada em um casal real, a troca de casais remete a um tradicional jogo de cartas italiano, e cada rodada troca de parceiros.

Segundo as críticas todas as possibilidades da história acaba sendo desperdiçada quando o Cineasta opta por um roteiro preguiçoso e sem maiores aprofundamentos psicológicos ou dramáticos.

A salvação do longa metragem veio após escolha de duas atrizes que por se própria conseguem transformar qualquer cena em um espetáculo à parte.O Quatrilho correria sério risco de nada, nada e morre na praia.

A atriz Patrícia Pillar brilha de forma intensa na primeira parte do filme, mostrando carisma, beleza e mostrando ser uma atriz por excelência. A atriz dar ao personagem a consistência que em outras não dariam.O personagem em mãos menos capazes poderia soar como leviana ou mau caráter.

Patrícia interpreta o papel de Teresa, uma madame Italiana, ela é uma mulher presa a um casamento que oprime suas vontades e sonhos. Chega um momento que ela não suporta e toma uma decisão, partir em buscas de seus sonhos, mesmo que sem ter a exata consciência das consequências de seu ato.

Na segunda parte do filme Teresa sai de cena e dar lugar  a calada Pierina (Glória Pires), mulher séria e consciente de seus deveres como esposa e dedicada como mãe.

Mais na primeira oportunidade, em uma cena inesquecível ela desafia um padre diante de uma paróquia lotada. Glória Pires utiliza de toda a sua experiência para construir uma personagem, que ganhou toda atenção por agir de forma centrada perante toda a trama.

O jeito interessante de Glória pires na trama é que ela se comunicava basicamente através de olhares baixos, gestos comedidos e de um tom de voz sussurrante que esconde um personalidade forte. O Papel de perina se mostra através de uma mulher linda, forte e batalhadora deixando a trama mais próxima da realidade.

Se a critica consideram Patricia o corpo do filme O Quatrilho, sem sombra de dúvidas Glória é a sua alma.

O filme tem em seu personagens a maestria de duas atrizes que dão vida e vigor a trama. Agora os atores principais não passaram a mesma firmeza para os telespectadores que lotaram as salas de cinema da época.

Exagero à parte, “O quatrilho” é apenas um filme que, conseguiu trazer a vontade de querer acreditar no cinema brasileiro. Se tornou um avanço em relação aos que criaram toda a sensação de preconceito contra filmes brasileiros.

Preconceito esse que somente anos depois seria parcialmente derrubado, conquistando um público considerável antes que isso se tornasse razoavelmente comum.

A cada dica de filme que passamos, estamos te incentivando a conhecer uma realidade diferente e alegre.

Agora baixe e assista O Quatrilho, filme brasileiro dos anos 90.

Filmes – O Defensor 1996

Os anos 90 foram épocas maravilhosa de se viver, descobertas incríveis ditada por ritmos que embalavam a galera. Os filmes da época tiveram formatos marcantes, desde comédia até as grandes aventuras protagonizadas pelos atores americanos.

Um filme que foi sucesso na época foi  O Defensor,  sua trama acontece dentro de uma floresta, em torno de uma fogueira, conta-se a história de uma figura lendária que viveu em 1857 e foi morto pelos brancos.

Era um caçador que acabou virando o espírito protetor da Floresta. Quando exploradores tentam destruí-la, ele reaparece para as crianças.

O caráter principal do filme é protagonizado por John McKenna (Chuck Norris) o ser espiritual, que tem o dom de se transformar em urso, lobo ou na águia. Ele vive nas florestas de Tanglewood, e dedicou sua vida para protegê-las.

Um dia um grupo de lenhador, que eram do mau, conduzidos por Travis Thorne (Terry Kiser) chega em Tanglewood para desbastar para baixo a floresta. McKenna não pode deixar esto acontecer, e junto com seus amigos novos, os senhores do Tanglewood, uma faixa das crianças que amam jogar na floresta, lutam contra Thorne e a seu grupo mau.

A Mensagem principal do filme, vêm através de idéias de preservação que a dramaturgia traz. Mesmo no início dos anos 90 nota se que há uma preocupação, das pessoas sobre o que poderia vim acontecer com o meio ambiente.

O filme traz os componentes principais, para que em caráter de proteção, os telespectadores da época estivessem em sentido de alerta para o que poderia acontecer no futuro bem próximo.

Hoje estamos mais do que em alerta, a nossa geração vive a realidade já prevista por pessoas competentes daquela época. Sejamos o bom exemplo daquilo que reflete transformação para os povos, Aprender a proteger o que por herança recebemos, é algo que iremos garantir para os que continuarão a missão de viver aqui na terra.

Baixe este filme e tenha a sensação de estar em uma bela floresta.

Dicas – Musicas dos anos 90

As Musicas dos anos 90, Certamente é lembrada até os dias de hoje, sejam pelas melodias contagiantes ou pelos seus figurinos excêntricos dos artistas. A cultura jovem foi marcada pelas gravações de vídeo clips, o pop da época era o som que agitava a galera.

Musicas dos anos 90 no Brasil

Quando voltamos aos anos 90, é impossível não lembrar da maior banda brasileira da época, maior fenômeno musical brasileiro nos anos 90 foi a banda Mamonas Assassinas, formada em Guarulhos no inicio da década.

Banda Mamonas Assassinas

O som, produzido nos Estados Unidos pelo produtor brasileiro Rick Bonadio, dominou as rádios do país e vendeu como água, em certo período, a banda vendia 100 mil cópias de seu único álbum em dois dias.

Estima-se que na mesma época o cachê da banda por apresentação variava entre 50 e 70 mil reais, tendo a gravadora EMI lucrado mais de 80 milhões com o projeto todo.um dos grandes sucessos da banda foi a musica “pelados em Santos”.

Com letras bem-humoradas e uma estética punk rock, os Mamonas Assassinas se tornaram populares meteoricamente e se apresentaram nos principais palcos e programas de TV do Brasil. Infelizmente, o sucesso dos garotos foi interrompido por um trágico acidente de avião que matou todos os membros da banda em 1996.

Raimundos

Apesar da banda ter sido formada no final dos anos 80, foi durante a década de 90 que os Raimundos experimentaram o sucesso.

Em 1994, lançaram um disco intitulado com o nome da banda, inspirado em Ramones, com o gênero de forró-core.

Sucessos como Puteiro em João Pessoa, Jurema e Marujo invadiram as rádios brasileiras, em pouco tempo, a banda tocava em festivais como Monsters of Rock e Hollywood Rock ao lado de bandas como Motor head e Iron Maiden.

Raimundos tem em seu catálogo oito discos autorais e mais de três milhões de cópias vendidas, sendo uma influencia para várias bandas que vieram depois deles, como Detonautas Roque Club e CPM 22.

Bandas internacionais

Fala na música internacional dos anos 90 é realizar uma verdadeiro Déjà-vu, por instante vivemos aquilo que passamos em outras épocas. confira ai algumas bandas que não saem de nossas cabeças.

Spice Girls 

Spice Girls, Nenhum outro grupo feminino fez tanto sucesso nos anos 90 como as britânicas. Victoria Beckham, Mel B, Emma Bunton, Mel C e Geri Halliwell, essas garotas da época fizeram com que toda a atenção do mundo fossem para elas, através de uma imagem forte de sonoridade e poder feminino. As garotas não eram mais rivais, mas sim amigas inseparáveis.

Sem dúvida nenhuma o som dos anos 90 foi referência e tendência para as gerações vindouras.

Como construir uma biblioteca usando estantes e prateleiras de vidros

Em tempos de modernidade onde os livros estão perdendo espaço para vários aparelhos tecnológicos, sabemos que está cada vez mais raro alguém querer montar uma biblioteca em casa ou até mesmo fazer o uso de livros diariamente. Porém, existem alguns que são amantes dos livros que contêm histórias ou conteúdos acadêmicos que tanto as pessoas desejam.

Construir uma biblioteca usando estantes e prateleiras de vidros

Pensando nesse público que é cada vez mais raro, preparamos dicas de um projeto que envolve construção e vidros na hora de montar sua biblioteca particular. Alinhar a sua vontade de preservar seus livros com a capacidade de construção é o que vamos te mostrar nesse artigo.

Quem vai executar a obra

O primeiro passo do projeto sem dúvida nenhuma é saber qual espaço está disponível para que você coloque seu plano em ação. O segundo passo é contratar uma empresa de engenharia que irá colocar seus planos em um papel, a empresa já possui em seu quadro de funcionários, profissionais que te ajudarão desde inicio até fim da obra. O arquiteto sentará com você e te ouvirá, a partir dos dados que foram passados, ele elaborará um projeto exatamente como você quer, este profissional acompanhará a obra do início até a sua decoração final. Viu aí a comodidade de quem opta por contratar um empresa especializada? Você não terá problema nenhum em relação a obra.

Quem implantará as peças de vidros

A segunda parte do projeto é aquela que denominamos como a mais complexa, isso por que o vidro é um material fácil de ser quebrado. Geralmente o cliente que contrata a empresa que irá realizar a sua construção, tem como objetivo central o aliamento da construtora com a vidraçaria de sua preferência para que as duas empresas realizem a excursão do projeto de forma conjunta. A vidraçaria a ser contratada tem como objetivo principal a instalação dos vidros que você pediu, na medida exata do projeto.

É muito bom realizar nossos sonhos e ter a certeza que as gerações futuras se beneficiarão dos conhecimentos que deixamos, isso significa sensação de dever cumprido.

Dicas – Como fazer limpeza à seco em livros

O livro é o amigo verdadeiro de muitas pessoas, a companhia certa em momentos difíceis, alegria, tranquilidade e etc. O amigo livro é uma companhia para todos os momentos, precisamos a cada dia ter metas de preservação para que ele não tenha a sua vida útil ligada a um tempo determinado, mas que ele possa atravessar gerações e transmitir seu conteúdo a muita gente.

É comum ouvir muitos leitores dizerem que o livro é como um amigo, e que devemos cuidar dele, mesmo que ele tenha vários anos de vida, podemos mantê-lo em perfeito estado de conservação sem que ele sofra nenhum dano. Precisamos entender que o livro não é um brinquedo e muito menos um local onde criamos fungos e inseto, isso é a forma como determinadas pessoas pensam e agem com nosso amigo livro. Vamos hoje aprender como deixar seu livro novinho.

Como cuidar de seus livros

Organização de livros

Como organizar livros

Há uma série de questões que giram em torno dos cuidados de um livro. Vamos te ensinar o passo a passo de como você vai preservar este que é o seu amigo de todas as horas.

Siga as ORIENTAÇÕES

  1. Uma dica importante é que você abra o seu livro de 2 em 2 em meses. A matéria prima do livro é papel, e estando fechado ele pode atrair vários insetos que se alimentam de papel (Cupins por exemplo).
  2. Caso queira sublinhar linhas das páginas do livro use um lápis e faça um traço bem leve.
  3. Se houver necessidade de marcar uma página inteira use o método de parênteses.
  4. Cuide bem da encadernação do seu livro.

Como fazer limpeza à seco em livros

    • Primeiro passo: Pegue um pano macio ou uma escova, passe o pano por toda a capa realizando movimentos suave (o uso da escova só em casos de necessidades). Caso precise, passe nas partes externas que são duras.
    • O uso de um aspirador facilitará toda a limpeza a ser feita, isso se seus livros estiverem com muita sujeira, poeira, aí indicamos que aspire antes de passar o pano. Para este tipo de trabalho indicamos o menor aspirador possível, e processo pode ser acompanhado de um pano amarrado no bico que sugar os resíduos.
    • tenha em mãos um pincel para poeira, isso ajuda (e muito) no processo de limpeza a seco dos livros (talvez o livro não esteja muito sujo). A sugestão é usar um pincel. Obs: compre um e deixe guardado só para realizar a limpeza.
    • Para os livros que têm capa dura e plastificada indicamos o uso de acetona, ela ajudará à retira aquela mancha indesejável.
    • Uma dica importantíssima que passamos para nossos leitores é: Deixe as páginas abertas um pouco, isso dará um tempo que chamamos de respiração, onde elas poderão secar, sendo que qualquer tipo de umidade que estiver dentro dela será eliminada.

O bom de tudo é que temos empresas sérias que poderão realizar a limpeza à seco de seus livros ou, principalmente, estofados. Isso tudo garante comodidade e alegria para sua vida.

Preservar o livro é uma forma de dar continuidade nos conhecimentos adquiridos e as próximas gerações agradecerão.

Dicas – Como transportar seus livros sem danificá-los

Hoje vamos trazer algumas dicas importante para você que deseja transportar seus livros de forma adequada sem danificá-los. Estamos em uma época em que saber ler e escrever se tornou fundamental para sobrevivência do indivíduo. Bons alunos se tornam bons homens, tudo que se aprende tem benefícios diretos para vida. É normal encontrarmos um livro na casa das pessoas que conhecemos ou que por um acaso, visitamos. Na maioria das vezes, as pessoas que gostam de realizar leituras nesses livros, produzem por eles um determinado sentimento. Quais seriam esses sentimentos? Vamos tentar desvendar um pouco desse mundo, e a partir dos detalhes que encontrarmos iremos te passar algumas dicas de como transportar o seu livro ou a sua coleção de livros. Talvez você tenha uma biblioteca em casa e precisa mudar de endereço e não sabe como levar tantos livros. Hoje o blog Dicas de Livros e Filmes, separou para você algumas orientações que irão te ajudar. Primeiro vamos ver quais sentimentos a pessoa produz por um livro.

Sentimento de Amor

Este é o maior sentimento que uma pessoa pode produzir dentro de si, e quando transportado para alguém isso se torna algo inexplicável, da mesma maneira é quando nos apegamos aos livros, expressar amor por eles, trás uma recompensa extraordinária. O livro se tornou um parceiro inseparável, ele nos ajuda sempre que precisamos.

Sentimento de apego 

Este talvez seja o sentimento adjacente ao amor que nos faz temer a perca, é quando nos apegamos à algo ou alguém. Fica difícil entender quando não temos por perto ou em mãos.

Vamos preparar o transporte de seus livros e no final de tudo você continuará feliz. Arrume uma caixa de papelão pequena (caso seja um livro), ou várias se a sua quantidade for grande. Compre fita empacotamento, papel bolha, um estilete, para que a montagem de sua embalagem seja perfeita. Coloque seus livros na mesa e vamos organizar para mudança ou transporte. Pegue a caixa que você tem em mãos, corte o papel bolha e envolva os livros. feixe a caixa e passe a fita de empacotamento.

Há sempre uma empresa de mudança preparada para realizar o transporte dos seus livros, pesquise e veja qual delas atende melhor os seus requisitos.

Livro – Capitães de Areia

Falar de Capitães de Areia é viajar em uma das obras mais conhecida do escritor Jorge Amado. Este nasceu na cidade de Itabuna no sul da Bahia no ano de 1912, e morreu na Cidade de Salvado no ano de 2001. Jorge Amado foi um escritor intelectual Comunista.

No ano de 1937 lançou um dos livros de maior sucesso da sua trajetória como escritor, “Capitães de Areia” que até hoje é visto e lido por leitores em todo o Brasil. Falar de Jorge Amado é viajar em histórias e romances que se tornaram ícones e referências para várias gerações.

CAPITÃES DE AREIA

CAPITÃES DE AREIA

A narrativa da história aconteceu nas praias de Salvador, um grupo de menores que movimentavam a Cidade com seus atos de marginalidades. Isso era, instintos de sobrevivência.

O grupo destes meninos eram de quantidade superior a 50 e na narrativa é muito comum encontrar o nome de alguns deles.

Um dos mais famoso era o líder desse grupo, chamado pelo de nome de Pedro Bala, esse garoto teve uma infância difícil, viu seu pai ser morto no Cais da cidade de Salvador.

CAPITÃES DE AREIA

CAPITÃES DE AREIA

Ao falarmos em praias de Salvador, vem sempre em nossas cabeças imagens definidas: Alegria, sol, descontração e muita festa. Mas no período em que o romance foi escrito não era bem assim. Havia naquela época muitas greves e revoltas de populares, e isso atraia mortes e muita violência.

As crianças que faziam parte desse grupo eram na sua totalidade de uma carência desumana, o retrato da desigualdade social estava nas praias de Salvador onde hoje é lugar de atividade lucrativa do povo.

Sobreviver naquela situação em que os personagens do livro viviam, era uma questão de luta extrema por sobrevivência.

Havia algo interessante na forma de sobreviver daquele grupo de crianças, eles definiam tudo que iam fazer de forma conjunta, ninguém colocava em pauta as ordens dada por Pedro Bala líder do grupo.

Cada jovem tinha uma função na equipe, um atraia a vítima para ser roubada, outro vigiava as saídas e entradas, havia sempre um esquema montado pelos garotos.

A leitura deste livro trará para você uma realidade que até os dias de hoje é comum, se sairmos de nossas casas muito facilmente encontraremos em nossas cidades jovens e crianças abandonadas pelos pais ou que passam por situações de desprezo social. Ir ao encontro de alternativas que possam ajudar esses adolescentes seria uma forma de mudança de vida para todos eles.

Leia este livro e veja o quanto você pode ser diferente no meio em que você viver.

Resenha: Adormecida – Anna Sheehan

– Sim, no geral, foi. A Guerra, a Fome, a Peste e a Morte deram as caras, montados em seus cavalos, jogaram polo e, então, voltaram para o espaço celestial para esperarem pelo próximo apocalipse. – Ele elevou os braços abertos ao alto. – E nós ainda estamos aqui.

Esse livro foi uma surpresa enorme, eu imaginava que era uma nova adaptação da Bela Adormecida, tipo Branca de Neve e o Caçador… não é, me enganei, mas foi bom, foi uma surpresa muito agradável!

Continue lendo

Resenha: Toda sua – Sylvia Day

“Segunda na hora do almoço”.
Assim teríamos só uma hora, e eu teria um bom motivo para fugir:
Antes de as portas se fecharem, ele disse: “Eu não vou desistir, Eva”.
Soou mais como uma ameaça do que como uma promessa.

E lá vamos nós, no bummm do momento dos romances eróticos! Eu gosto de romances calientes, então não podia deixar de ler os sucessos do momento e ver se realmente são tão bons para todo esse estardalhaço.

Continue lendo